Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

segunda-feira, 11 de julho de 2011

SONHO DO AMOR ETERNO



Eu sei que sou apenas um canto
Um canto cuja melodia
Já se escondeu faz tempo
E que as flores que brotaram no meu jardim
Eram frágeis como aqueles seios que vimos juntos
Sendo beijados através do vidro
Talvez não tenha sido só a chuva
Que me impediu de ir em frente
E viver o sonho do amor eterno
Acho que também foi o medo
Ao ouvir suas palavras
E ver tanto amor nos seus olhos
Talvez seus lábios e seus seios
Tivessem mais sabor do que senti
Naquela noite inesquecível
Depois do cinema
E seu coração estivesse preparado
Depois de tantos dias na chuva
Enquanto o meu estava apenas acordando
E nada mais

25 comentários:

  1. Olá Arnoldo

    antes de mais , parabéns pelo blogue. :)
    Gostei do que li .

    Gostaríamos muito que desse uma "vista de olhos" no projecto DVB-Digital Video Book.´- de saber a sua opinião, e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.


    \"Transformamos\" os seus poemas, textos ou pensamentos (já editados em livro, ou não), num DVB, uma ideia original da - Pastelaria Studios Productions -

    O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

    http://pastelariaestudios.blogspot.com/

    Para nós, a sua visita e o seu parecer ,é muito importante .


    É exactamente isso, os seus poemas seriam \" trabalhados \" em DVB . Um livro que se vê como um filme!

    Penso que se adequa , na perfeição, aos seus textos , poemas e pensamentos...

    Não somos uma editora,prestamos, essencialmente, um serviço criativo.

    A minha sugestão seria, enviar-nos os seus \"registos\", e nós faremos um orçamento.

    Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante , queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas mesmo que essas estejam na gaveta.



    Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida… estamos por aqui.

    Um abraço, um obrigada


    Teresa Maria Queiroz

    pastelariaestudios@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. O amor será sempre eterno, mesmo que apenas em sonho.

    Poema suave, envolvente.

    bj
    oa.s

    ResponderExcluir
  3. que lindo amor sonhado e sentido nas tuas palavras..
    beijos perfumados querido..

    ResponderExcluir
  4. Arnoldo,




    Que bom vir aqui!


    Amei seu jeito de escrever!


    As vezes, os desejos não se encontram nos mesmos sonhos...



    Um abraço, Marluce

    ResponderExcluir
  5. Lindo de viver!linda noite e semana de paz.

    ResponderExcluir
  6. Estimado Arnoldo,
    Começou a final do Pena de Ouro, se puder, me ajude nessa etapa...=)

    Para votar em mim é só ir neste link: http://ostra-da-poesia-as-perolas.blogspot.com
    em cometários votar em "Época boa" de Paula Moraes....Obrigada pelos votos e pelo carinho, desde já agradeço...=)Se tiveres tempo e paciência, cada blog teu vale um voto.
    Bjs
    Boa semana!

    ResponderExcluir
  7. amor eterno é sonho mesmo, Arnoldo!
    mas é sonho bom de sonhar :, feliz de quem consegue e sabe sonhar!
    é muito bonito o teu poema.
    beijinho.

    ResponderExcluir
  8. Arnoldo,

    Será mesmo que existe um amor eterno? Nos poemas isso é factível, mas a vida da gente anda tão tumultuada... Lindo poema, você escreve muito bem, meu amigo. Bjs com carinho!

    ResponderExcluir
  9. hum... um belo poema de talvez, quem sabe...bjuuu

    ResponderExcluir
  10. Muito lindo! Quando o amor é um sonho, sempre será eterno. Sendo um sonho vivido, ele se eterniza na lembrança. Linda noite para você, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Oi Aroldo, lindo poema. Acredito que todas as pessoas gostaria de viver o sonho do amor eterno. Feliz é de quem sabe sonhar esse sonho, e poder realiza-lo. Um abraço, e ótima semana!

    ResponderExcluir
  12. Oiê! Passando pra avisar que tem selinho pra você lá no meu blog. Chama-se: “Selo de Qualidade”, se quiser passe por lá.
    Bj

    ResponderExcluir
  13. Oi Arnoldo.
    A chuva para mim vem trazer inspirações...
    As vezes nostálgica, melancólicas.
    como este poema lindo.
    Um fraterno abraço.

    ResponderExcluir
  14. Bonito poema!

    Os sonhos esses (talvez) sejam eternos...

    Bjs dos Alpes

    ResponderExcluir
  15. Dei uma passeada por esse outro blog .Gostei Arnoldo.
    Sonhos serão sempre eternos até que se concretize prolongando-os em nós.
    meu abraço parabéns

    ResponderExcluir
  16. Bom dia meu amado amigo!
    Sou sua mais nova seguidora,rsrsrs,deste blog óbvio!!!!
    Amei o estilo e já estou me sentindo em casa...
    Bjs para aquecer teu dia!

    ResponderExcluir
  17. Olá boa noite!

    Gostei deste belo

    e singelo

    poema!

    Abraço

    ResponderExcluir
  18. Arnoldo querido, obrigada pelo carinho, conseguiu votar com todos os seus blogues??? Espero que sim, pq amigo, esse último dia é decisivo. Se não ainda dá tempo de me ajudar...=)
    Bjs e bom fim de semana.
    MUITO OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  19. Se o coração ainda não amadureceu para o amor, melhor que evite as flores...Bjos achocolatados

    ResponderExcluir
  20. Gosto! A tua poesia sente-se!
    Abraço

    ResponderExcluir
  21. Entrou e fez morada no meu coração
    belíssima poesia!
    beijinho.

    Isa

    ResponderExcluir
  22. Sonho ou realidade, o amor é lindo!
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Lindo poema Poeta. Cada dia vc se supera. Bj..Parabéns!!
    Ma

    ResponderExcluir
  24. Nossaaaaa, amei essas palavras, muito tocantes.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  25. Arnoldo, os bons momentos podem voltar...Um beijo!

    ResponderExcluir