Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

NUVENS


NUVENS

Eu queria tanto estar
Nesse avião com você
Esconder meu rosto
No fundo do seu coração
Sentir seu carinho
Seu aconchego
Sua proteção
Espantar as nuvens
Da solidão
Eu só entraria nesse avião
Com você
Tenho medo de avião
Tenho medo de ficar sem você
Preciso do seu coração
Tenho medo do cinza
Que pinta a solidão

8 comentários:

  1. Ah! poeta amigo
    Que belas palavras
    Que paixão se esconde em poema...
    Tenhas um dia iluminado, tanyo quanto o nascer do sol...
    Preciosa Maria

    ResponderExcluir
  2. e voar seja onde e como for, mas pelo amor... sempre vale superar tudo e nos superarmos..
    beijos Arnoldo..

    ResponderExcluir
  3. Meu amigo poeta,que versos mais lindos que nos faz sentir suas doces palavras,so asim o poeta consegue expressar seus mais intimos sentimentos
    poetizando o mundo e quem vive a sua volta
    parabens ,são lindos seus versos,bom fim de semana
    com carinho Marlene

    ResponderExcluir
  4. LIndos versos:
    "Preciso do seu coração
    Tenho medo do cinza
    Que pinta a solidão"
    Que Deus te abençoe querido amigo..
    Beijossss..

    ResponderExcluir
  5. Sempre profundo teus versos Arnoldo,
    belíssimo de candura tamanha.
    Me vi agora neste havia de mesma
    forma e situação...
    O sentimento voa sempre com a gente
    quando alimentos amor por alguma
    pessoa...

    Lindo...

    Bjs

    Livinha

    ResponderExcluir
  6. quão belo eles o são...teus poemas encantam.bjos!

    ResponderExcluir
  7. Ah, poeta querido!
    Como é bom te ler! Adorei!
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema,um amor que supera os própios medos.
    Amei Arnoldo.
    Beijos.

    ResponderExcluir